Fotografia de uma pessoa sentada numa secretária com o seu portátil.
Em Destaque,  Freelancers

Vantagens e Desvantagens do Trabalho Remoto

Em qualquer tipo de trabalho existem vantagens e desvantagens que deves sempre ponderar antes de começar e o trabalho remoto não é exceção!

Para algumas pessoas as vantagens terão mais peso do que as desvantagens, muitas vezes porque as desvantagens podem ser contornadas e até em alguns casos se tornam em vantagens.

No entanto cada pessoa é única e cabe a cada um ponderar as situações e decidir se esta forma de trabalho é algo para ti ou não.

Para te ajudar aqui vai uma lista das vantagens e desvantagens mais proeminentes do trabalho remoto para o Freelancer.

Vantagens do Trabalho Remoto

  • FLEXIBILIDADE DE HORÁRIOS

Tu é que decides que horários fazes, até podes fazer das 9h às 17h, mas isso depende só de ti. Também não precisas de “tirar horas”, que até podem não ser pagas, para ires aquela consulta ou ires tratar de algo no banco. Porque podes sempre retomar o trabalho mais tarde e continuar a fazer as horas que planeaste para esse dia no momento mais oportuno para ti.

  • LIBERDADE DE ESCOLHA

És tu que escolhes que tarefas fazer, não precisas de te subjugar a qualquer coisa que o patrão te põe na secretária e nada de servir cafés ao cliente!

Para além que também escolhes onde trabalhas e o que vestes para trabalhar!
Tiras férias quando queres! Comes há hora que pretenderes e fazes a pausa do café a teu belo prazer.

Book Gift - www.wook.pt

Maravilha certo?

  • POUPANÇA DE DINHEIRO

Como não precisas de te deslocar para outro local, poupas nos meios de transporte.

Também poupas nos custos que poderás ter refeições. É sempre mais barato comer em casa e até mais saudável.

Para além do que poupas por não teres que cumprir com um código de roupa e com o facto de não precisares de pôr maquilhagem todos os dias! As mulheres que estejam a ler este artigo bem sabem do que falo.

  • MAIS TEMPO LIVRE

Aquelas horas que passavas no trânsito ou nos transportes públicos, podes agora investir em tempo para a família ou para ti. Podes utilizar para ir fazer exercício físico ao ar livre ou no ginásio. Podes te sentar durante mais tempo a tomar o teu pequeno almoço ou dar uma olhadela nas redes sociais para saber das novidades antes de “entrares ao trabalho”.

Já imaginaste as possibilidades?

  • MAIS AUTONOMIA

Tens mais autonomia no trabalho pois, apesar de seguires diretrizes que o cliente te possa dar, acabas por utilizar métodos de trabalho próprios que te ajudarão na produtividade e qualidade do trabalho final.

  • AMBIENTE DE TRABALHO PRÓPRIO

És tu quem escolhe onde vais trabalhar e como tal estás mais à vontade. Podes escolher criar um espaço para trabalhar numa divisão da casa, ou até agarrar no teu portátil e ir trabalhar no café do lado que deixa os clientes acederem à internet de graça.

Também podes trabalhar ao som de música, se isso te mantem motivado ou te ajuda aconcentrar, e nem precisas de usar auscultadores.

  • UMA VIDA MAIS EQUILIBRADA

Como tudo é flexível, ajustável e autónomo a tua vida (profissional e pessoal) fica mais equilibrada e como tal o stresse diminui e a produtividade aumenta em todos os campos, dando origem a melhores resultados profissionais, mas até mesmo pessoais.

Desvantagens do Trabalho Remoto

  • É MAIS DIFÍCIL SEPARAR TRABALHO DO RESTO

Quando se trabalha a partir de casa, pode ser que acabes por ir dormir a pensar em algo relativo ao trabalho. É importante que tenhas formas de lidar com isto e perceber que “amanhã é outro dia”.

  • A POSSIBILIDADE DE ISOLAMENTO É MAIOR

Como o contato humano é mais reduzido, pois tudo é online e muitas vezes não fazes trabalhos em equipe, acabas por perder aquele contato que terias nas pausas do café ou na hora do almoço. Pode mesmo acontecer que estejas tão concentrado no trabalho que estás a fazer que até te esqueces de fazer uma pausa e por vezes até trabalhas mais uma hora só porque nem deste pelo tempo.

Eu bem sei como é! Isso já me aconteceu. Passas a viver numa espécie de “bolha” em que estás tão focado que nem dás pelo tempo a passar e pelo mundo lá fora

  • RENDIMENTOS IRREGULARES

Enquanto que trabalhando com um contrato, num escritório, tens sempre a certeza de que recebes aquele valor no final do mês, independentemente de uma tarefa ficar pendente para o mês seguinte, no trabalho a partir de casa tens de “correr atrás” para teres sempre trabalho e como tal manter os rendimentos. Podem existir períodos sem trabalho e é necessário ter um plano B.

  • MAIOR RISCO DE NÃO SE SER PAGO

Não acontece sempre, mas pode acontecer que não se seja pago por um trabalho. Ou que começam por pagar, mas depois não pagam a última remessa de trabalho. Já passei pelas duas situações. Mas, tal como referi e reforço, não é frequente! E existem formas de evitar isto se quiseres anular o risco a 100%.

  • PERDA DE CERTOS BENEFÍCIOS

Como trabalhas por conta própria deixas de ter certos benefícios, como o Subsídio de Férias e o de Natal. Não existem baixas! Ficas doente, não trabalhas, não recebes. Quando fazes férias, não trabalhas, não recebes.

  • É MAIS FÁCIL PERDER A MOTIVAÇÃO

Muitos das vezes, ou porque a tarefa em causa é monótona, ou porque está tão bom tempo lá fora e todos se divertem ao sol, ou porque tens problemas pessoais que te incomodam….É bem mais fácil perder a motivação para trabalhar.

  • AS DISTRAÇÕES SÃO MAIS PESSOAIS

Enquanto que no escritório, geralmente, as distrações são relativas ao trabalho em si, quando trabalhas em casa as distrações podem ser devido a um familiar, amigo ou conhecido e tudo tem um aspeto mais pessoal. É importante explicar a todos os que te rodeiam a importância de ter aquelas horas para trabalhar e, se possível, criar um espaço próprio para trabalho. Aqui a autodisciplina é a solução.

Mas tudo tem solução e as desvantagens podem ser reduzidas ou deixarem de existir. Tudo depende de ti!

Aqui vão algumas ideias de como lidar com as desvantagens

Por forma a evitar o isolamento, é importante que tenhas momentos em que socializas com amigos e que saias de casa. Todos os dias faz algo fora de casa. Um café com amigos, uma caminhada ou ir às compras. Seja o que for que te mantenha em contacto com outros.

E não me estou a referir a redes sociais! Isso é estar em frente a outro ecrã e é importante que tenhas um contato verdadeiro com os outros.

Mantem uma agenda em que defines antecipadamente as horas de trabalho, horas para a lida da casa, tempo em família e para socializar. E mantem-te fiel a tais horários. Isso vai-te ajudar a te manter motivado no trabalho, manteres o contato social e ajuda a distrair dos assuntos de trabalho.

Se tiveres apossibilidade cria o teu próprio escritório numa divisão da casa ou a horas em que estás sozinho(a) de forma a evitar muitas distrações e deixa todos saberem que estás a trabalho se te telefonarem ou te baterem à porta. Desliga-te das redes sociais, televisão e distrações. Quanto mais focado no trabalho, mais produtivo, mais rápido acabas a tal tarefa e podes ir fazer todas as outras coisas que queres fazer.

A possibilidade de rendimentos irregulares pode ser reduzida se te mantiveres ativo(a) na procura de trabalho.

Quanto ao risco de não seres pago, podes sempre pedir uma percentagem do total do valor acordado no início e o restante no final, sendo que assim garantes que recebe suma parte do dinheiro. Mas existem várias formas de te prevenires quanto a isto.

A perda dos benefícios pode ser compensada no valor que cobras por hora.

Como vês, tudo tem solução!

Será então o trabalho a partir de casa algo para ti?

Como já revemos, existem várias vantagens e desvantagens no trabalho a partir de casa e depende de ti decidir quais são as mais importantes ou que poderão ter um grande impacto na tua vida.

Para te ajudar a decidir aqui vão dicas do que deverás ter em ti para seres bem-sucedido/a e ultrapassares obstáculos que possam surgir:

  • Deverás ter uma forte noção de responsabilidade.
  • Deverás ter um forte sentido de organização e de gestão de tempo.
  • É importante que não seja fácil te distraíres.
  • Tens de ser capaz de trabalhar de forma autônoma e ter uma boa capacidade de aprendizagem.
  • É importante que estejas à vontade a trabalhar sozinho/a.
  • Uma boa capacidade e à vontade de comunicação, tanto para arranjar trabalhos como por forma a manter uma boa comunicação com os clientes.
  • Também é muito importante que se saiba aceitar críticas construtivas e que se tiveres qualquer dúvida que não tenhas problemas em perguntar.

Algo muito bom sobre o trabalho a partir de casa é que podes começar por fazer apenas umas horas e experimentares alguns projetos para ver se realmente tens o que precisas e se é algo para ti ou não.

Será então o trabalho remoto algo para ti? Partilha nos comentários o que pensas sobre as vantagens e desvantagens do trabalho remoto.

  • 7
    Shares

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.