Hubstaff
Estilo de Vida

Como separar o Trabalho do Resto?!

Tal como quando aqui falámos nas Vantagens e Desvantagens do Trabalho Online do ponto de vista dos Freelancers, abordámos a questão de que é difícil separar o trabalho do resto e que muitas vezes se acaba por ir dormir a pensar em questões de trabalho.

A verdade é que, independentemente do trabalho que se tenha, muitas vezes se mistura a vida profissional com tudo o resto e acabamos mesmo por nos desleixar em um ou outro ramo das nossas vidas.

Sendo trabalhador online que, na maioria das vezes, trabalha a partir de casa, é mais fácil misturar a nossa vida pessoal com a profissional e vice-versa. Pode até mesmo acontecer que uma se sobrepõe à outra ou acabas por te aperceberes que algo apenas deixou de existir.

Sabes do que falo?

Vamos a alguns exemplos.

Exemplos de como a tua vida profissional e pessoal não coexistem

Muitas vezes trabalhas para além do tempo e quando dás por ti estiveste o dia todo a trabalhar e nem te lembraste de almoçar.

Também acontece que alguém telefone, seja amigo ou familiar, a convidar para um café e tu, como tens liberdade de horários, decides aceitar. Mas como a conversa estava boa, quando voltas para casa já está tarde e tu estás muito cansado(a) para ainda ir trabalhar.

Ou mesmo quando tens algo combinado a uma certa hora e tu estás embrenhado(a) no trabalho e quando dás por ela, tens de ir a correr e ainda telefonar a pedir desculpa, mas estás atrasado(a).

E quantos dias do pai ou da mãe ou aniversários te esqueceste? Ou quantas vezes interrompeste o trabalho para fazer algo e agora tens de passar a noite acordado(a) para compensar essas horas perdidas?

Estes exemplos são prova de que a tua vida não está em equilíbrio e que precisas de “dar um passo atrás” e refletir.

É importante ter tempo para nós próprios, tempo para trabalhar e tempo para sociabilizar.

Mas é mesmo possível separar as duas?

Se tomarmos a palavra “separar” ao tom da letra em que os dois se mantêm em mundos à parte, a resposta será que não.

Isto porque somos humanos e temos emoções que transcendem a nossa razão. Ou seja, há dias em que estamos mais em baixo ou cansados e, por mais que queiramos, influenciam o nosso dia-a-dia de trabalho ou vida pessoal.

Ou porque a nossa produtividade diminui ou porque estamos mais calados e fechados em nós mesmos e acabamos por não sociabilizar tanto com os que nos rodeiam ou nos procuram.

Book Gift - www.wook.pt

Esta é uma realidade com a qual não vale a pena travar grandes guerras.

O mais importante é tentar estabelecer um equilíbrio entre todas as partes ou campos que compõem as nossas vidas por forma a não eliminarmos ou prejudicarmos demasiado qualquer um deles individualmente.

E quando digo eliminar refiro-me a situações, que muitas vezes acontecem sem nos apercebermos e mais facilmente quando somos Freelancers, em que passamos os dias a trabalhar e quando damos por ela nem nos lembramos qual a última vez em que fomos à rua passear. Ou mesmo quando tudo é razão para pararmos o trabalho e acabamos por não conseguir entregar o projeto que temos em mãos a tempo.

É necessário organizarmos as nossas vidas e “nos obrigarmos” a ter momentos em que sociabilizamos com outros, momentos para nós mesmos e momentos para trabalhar.

Aqui ficam algumas dicas para organizares a tua vida da melhor forma possível e assim manteres um equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

Organiza a tua vida com estas 12 dicas

1. Planifica os teus dias com antecedência

Adota uma agenda (eletrónica ou física) para poderes agendar tudo o que queres fazer com antecedência para te ajudar a lembrar de datas especiais ou algo que tenha hora marcada e para te ajudar a manter uma vida em equilíbrio com tempo para tudo.

Sempre com a intenção de planeares com tempo, podes fazer este processo ou de um dia para o outro ou de mês a mês e depois ir adicionando novos eventos.

Por exemplo, no início do ano podes marcar datas de aniversário e qualquer evento que já saibas que queres participar e que vai acontecer nesse ano.

Todos os meses analisas que projetos estás a trabalhar nesse mês e o que planeias fazer em cada semana relativamente a isso.

Todas as semanas defines em que horários vais trabalhar tendo em conta se tens algo agendado e tomando nota das horas no ginásio, o jantar em família ou simplesmente tempo para ti.

Desta forma, sempre que alguém te ligar ou enviar um email, quer seja de trabalho ou pessoal, tu podes pegar na tua agenda e ver se realmente é possível ou não e, quem sabe, agendar para outro momento.

2. Mantem-te fiel à tua agenda

Se planeaste trabalhar 4 horas, das 9h às 13h, e depois ir almoçar com a tua namorada ou os teus pais, mantem-te fiel a esse plano.

Desta forma progrediste no projeto que tens em mãos e passaste algum tempo com outros.

Claro que se houver uma situação de emergência podes sempre ajustar a tua agenda para compensares as horas que não pudeste trabalhar ou mesmo adiar o almoço para outro dia.

Mas, o mais importante, é que não faças disso um hábito e que não transformes qualquer situação nova numa emergência.

3. Avisa com antecedência

Quando decides começar a trabalhar online, tens sempre de ter em consideração o espaço em que te encontras. Alguns têm família outros vivem com amigos e outros vivem sozinhos.

Em qualquer uma destas situações podes ser interrompido(a) por familiares ou amigos enquanto trabalhas, como tal é importante avisar com antecedência que a tua situação mudou e que em certos horários não queres ser incomodado pois estarás a trabalhar.

Assim, caso apareça uma visita à porta e estejas a trabalhar, podes sempre perguntar se pode ficar para outra altura pois estás no teu horário de trabalho.

Também poderá ser uma solução pedires ao tal amigo ou amiga que te passe a telefonar antes de aparecer pois poderás estar a trabalhar e assim ele ou ela não precisam de se deslocar até tua casa em vão.

No trabalho, pode acontecer que recebes uma proposta de trabalho uma semana antes de começares as tuas férias em família e esse trabalho requer que trabalhes durante duas semanas. Das duas uma, ou falas com a tua família como se sentiriam se tivesses de trabalhar horas extras essa semana para poderes realizar o projeto em uma semana e irem de férias descansados, ou falas com o cliente a explicar que podes começar o trabalho mas que terás de o interromper durante uma semana, se isso lhe fará diferença ou não. Pode até ser que o cliente diga que podes fazer quando voltares ou que a tua família não se importe de fazeres horas extra por forma a receberes mais algum dinheiro para as férias.

4. Cria perfis das Redes Sociais e contas de email distintas

Sempre que possível, deverás criar contas de perfis das Redes Sociais e contas de email diferentes consoante a situação.

Tudo que tenha haver com a tua vida pessoal utiliza um email pessoal, tudo o que tem haver com o teu trabalho cria um email profissional.

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Desta forma, quando estás a trabalhar não és incomodado por publicações de amigos ou familiares que decidem partilhar o que estão a almoçar e nem de assuntos de trabalho quando estás a aproveitar o teu tempo de lazer para te manter a par das novidades.

5. Desliga a tecnologia nos momentos de lazer

É importante que percebes que a tecnologia tem um lado bom e um lado mau. Sendo que o lado mau é o quanto nos afasta daqueles que nos rodeiam e que estão tão perto de nós.

Por exemplo, quando estás em algum momento social, quer seja em família ou com amigos, não é preciso estares a olhar para o telemóvel a ver o que se passa no Facebook ou muito menos com a televisão ligada num canal qualquer.

Esse momento em que estás com os outros deve ser utilizado para estreitar mais os teus laços e deixares de lado o que se passa lá fora. Tens tempo para fazer isso mais tarde ou mesmo outro dia.

Até porque o “feed de notícias do Facebook” está lá para veres o que aconteceu antes e, hoje em dia, muitos dos fornecedores de canais de televisão oferecem a opção de voltar atrás ou ver o que perdeste ou mesmo gravar.

Desta forma estás a dar tempo e espaço para que tudo aconteça sem que haja necessidade de eliminar ou descuidar em um ou outro ramo da tua vida.

6. Anota ideias de trabalho

Quantas vezes nos deparamos a ter uma conversa com amigos ou familiares e damos por nós a perceber como isso seria uma boa ideia para um negócio ou nos apercebemos que poderia ser útil para o projeto que temos em mãos?

Frequentemente isso me acontece e o que faço é tirar nota dessa ideia e continuar o meu momento social.

Desta forma não te esqueces daquela ideia fantástica e como anotaste tudo, sabes que podes continuar a conversa com os amigos ou familiares de forma descontraída, pois mais tarde podes ir ver a nota e colocar em prática a ideia que tiveste.

O mesmo acontece se estiveres a trabalhar.

Imagina que estás a trabalhar e te surge uma ideia de algo para fazeres para o jantar especial que vais ter com o teu namorado. Não será boa ideia interromper o trabalho para ires tratar disso e depois voltar, mas podes sempre anotar que queres fazer isto ou aquilo e mais tarde, depois do horário de trabalho, podes ir ver as tuas notas e fazer o que for preciso.

Parece fácil certo? E nada fica para trás ou esquecido.

7. Agenda tempo para ti

Quando falo em agendar tempo para ti quero dizer tempo em que desligas a tecnologia, as Redes Sociais, e te concentras em ti mesmo(a).

Quer seja para ires fazer uma caminhada, ir à aula de Zumba, ao ginásio, ao cabeleireiro ou barbeiro, ler um livro ou tirar um fim-de-semana para ir colocar as tuas ideias em ordem, é importante ter tempo para nós mesmos e assim melhorarmos quem somos, tanto a nível físico como psicológico.

Dá permissão para te conheceres a ti mesmo nestes momentos em que te desligas do mundo.

É que, quando “voltares” vais te sentir com mais energia, mais boa disposição e vontade para lidar com qualquer obstáculo que se coloque na tua frente.

8. Agenda tempo para os outros

É tão importante o tempo a sós como o tempo com os outros. Seja família ou amigos, é importante estarmos juntos e estreitar os nossos relacionamentos.

Faz algo especial com a tua família e amigos. Liga a saber como estão. Vai aos jantares de família, de amigos ou aos aniversários e festas.

Não te isoles do mundo que te rodeia, pois este faz parte de quem és e te ajudará a sentir mais descontraído(a) quanto a tudo o resto.

9. Faz coisas que gostes

Um dos objetivos é que tenhas motivação e te sintas bem para lidar com qualquer coisa que te apareça e fazer o que se gosta, ajuda a que nos mantenhamos motivados e com energia.

Seja qual for o teu passatempo favorito, estabelece tempo na tua agenda para o praticares.

Quer este seja ir fazer uma caminha, ir ao ginásio, frequentar um curso de artes plásticas ou mesmo tirar fotografias, é importante que o faças com alguma frequência para te manteres em alta.

10. Não faças as coisas a correr

Quando planeias o teu dia tem em consideração se precisas de te deslocares de um sítio para o outro e quanto tempo precisarás para tal.

Quando fazemos as coisas a correr ficamos mais estressados e com a sensação de que vamos falhar em algo.

É importante manter as coisas organizadas por forma a que a nossa vida corra de forma calma e controlada.

11. Mexe-te!

Sendo que o trabalho de um Freelancer remoto é estar horas atrás de um ecrã de computador, é muito importante que faças pausas e que te mexas.

Agenda caminhadas diárias ou mesmo idas ao ginásio com regularidade.

Se tal não for possível, aproveita para fazer uma pausa maior do trabalho e arruma a casa. Dessa forma manténs-te em movimento.

12. Lê, aprende e melhora os teus conhecimentos

É importante nos mantermos atualizados dentro da nossa área profissional para podermos acompanhar a evolução.

Hubstaff

No entanto, também existem outros assuntos que nos interessam a nível pessoal.

Ler, ver documentários ou mesmo ouvir podcasts de assuntos que nos ajudem a melhorar como pessoas também é bom para uma vida mais equilibrada e saudável.

Basicamente, trabalhar corpo e mente é importante para não ficarmos estagnados e continuarmos a progredir como seres humanos.

Não te esqueças…

É importante manter uma vida profissional tal como pessoal e individual. Não só uma coisa ou outra.

Trabalha o teu corpo e mente para que possas melhorar quem és e progredires em todos os campos da tua vida.

Se planeares tudo com antecedência, nada ficará esquecido e tu preencherás cada um desses campos da tua vida sem que nenhum deixe de existir.

Por fim, vais te sentir mais forte, mais saudável, mais completo. E todos os que te rodeiam também saberão que também estás lá para eles.

Espero que tenhas encontrado neste artigo, boas dicas para colocares em prática. No entanto, se fazes algo que não mencionei aqui e que te ajuda a separar a tua vida profissional da vida pessoal, partilha nos comentários a tua experiência.

  • 6
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.