Hubstaff
Freelancers

A Concentração Nos Dias De Hoje

Como Freelancers a concentração é tudo! E acredita que não é nada fácil a manter, especialmente nos dias de hoje. Por isso achei importante escrever um artigo que abordasse o tema e como lidar com a concentração ou a falta dela.

São muitas as distrações e tentações que nos mantêm numa constante pressa e ansiedade. Mas quando se trabalha de forma independente temos de criar formas de nos mantermos concentrados e afastados de qualquer tentação ou o trabalho não fica feito.

Quantas vezes me deparo com a vontade de ligar a televisão e ver aquele filme que há muito queria ver, ou olhar para o email ou as redes sociais para saber mais novidades. E quando o telemóvel avisa que tenho uma mensagem e me deparo com a “distração” e a luta para me manter concentrada no que estou a fazer.

Pois é, são muitas as coisas que me podem levar a perder a concentração no trabalho, mas há que descobrir formas de o evitar.

Para mim é colocar o telemóvel no silêncio, televisão desligada, redes sociais desligadas e só a música a tocar. E para quem tem filhos, como é o meu caso, melhor trabalhar quando eles dormem ou quando eles estão na escola ou entretidos com alguém que te ajude. Caso contrário fica difícil me concentrar.

E para ti, o que funciona? O que fazes para te manteres concentrado(a)?

Caso tenhas dificuldades aqui vão algumas dicas para te ajudar a lidar com este problema que afeta a muitos que é o de te manteres concentrado(a) nos dias de hoje.

5 formas de como a falta de concentração está a sabotar a tua vida

São muitas as implicações de se ter falta de concentração e elas podem sabotar a tua vida de formas que poderás nem suspeitar. Poderás desenvolver problemas de saúde mental ou física e poderá colocar muita pressão nos relacionamentos pessoais e profissionais.

Se tu sofres de falta de concentração, em alguma ou todas as áreas da tua vida, alguns aspetos da tua vida poderão sair prejudicados. Por exemplo, se tens dificuldade em te concentrares no trabalho, poderá ser que não sejas promovido(a).

Aqui vão cinco das formas mais comuns que a concentração pode sabotar a tua vida:

  1. Depressão – A falta de concentração pode te fazer sentir extremamente infeliz, tanto na tua vida pessoal como profissional. Não estás a viver no momento ou concentrado(a) naquilo em que estás envolvido(a) no momento e passas horas a fio em atividades sem qualquer sentido.
  2. Fatiga – A falta de concentração e passar rapidamente de uma coisa para a outra sem parar poderá causar fatiga extrema. Poderás começar a dormir mais do que devias ou ter momentos em que dormes menos, o que te leva a acordares sempre cansado(a). Poderá até chegar ao ponto em que é difícil funcionar normalmente.
  3. Problemas de Saúde – Poderás ser afetado(a) fisicamente devido à falta de concentração. A falta de energia poderá tornar difícil para ti que faças exercício suficiente, que te mantenhas com uma dieta saudável e assim te fará mais suscetível a vários tipos de doenças, tanto a curto como a longo prazo.
  4. Incapacidade de Lidar com a Vida – Quando sofres de falta de concentração, poderás te sentir mentalmente exausto(a) e incapaz de lidares com os aspetos mais simples da vida diária. A exaustão mental também te pode manter afastado(a) de conseguires cumprir com os prazos no trabalho ou até conseguires te concentrares em tarefas mais difíceis.
  5. Procrastinação – A incapacidade para te concentrares poderá te colocar me risco de adotares uma postura de procrastinação sobre coisas que tenhas de fazer. Em contrapartida, isto causa ansiedade e mais stress. Pode se tornar num círculo vicioso que é difícil de quebrar.

A falta de concentração pode te causar grandes transtornos em diferentes áreas da tua vida. Os relacionamentos podem ser grandemente afetados pois a tua mente tem tendência para dispersar. A tua personalidade muda e tu tornas-te mais irritado(a), impaciente e esquecido(a).

Para alguns, a falta de concentração pode se tornar num hábito que é difícil de ultrapassar. Mas existem formas de reconquistares a tua concentração. Existem vários sites online com informação que te pode ajudar, mas se a situação persiste deverás sempre procurar ajuda médica.

Será que eu preciso de ajuda para me manter concentrado(a)?

Independentemente do tipo de trabalho ou negócio que tenhas, a concentração é algo crítico. Pode ser a diferença entre conseguires atingir os teus objetivos ou vê-los fugirem por entre os dedos. Antes de poderes melhorar a tua concentração é importante que analises em que ponto te encontras neste momento.

Mas avaliar o teu nível de concentração pode ser um desafio. Como podes avaliar algo que não podes quantificar? No caso da concentração, tu não podes pensar em quantificar os teus níveis de concentração. Em vez disso, tu queres ter uma ideia do grande quadro em que te encontras.

Uma forma que podes avaliar a tua concentração é perguntando a ti mesmo(a) se estás a conseguir atingir o que te queres num dado período de tempo. Tal poderá ser uma lista de tarefas diárias ou poderão ser objetivos semanais ou mensais que definiste.

É possível que tenhas definido objetivos que não são possíveis de ser atingidos, mas por norma, se não estás a conseguir atingir os teus objetivos será por estares distraído(a) ou não estares concentrado(a) em seres produtivo(a). É importante que dês uma olhadela nos teus objetivos e determines qual é o problema.

Book Gift - www.wook.pt

Poderá até ser benéfico passar alguns dias a tomar nota do tempo que estás a levar em certas tarefas.

Por exemplo, num dia normal de trabalho, com que frequência te distraís com perdas de tempo tal como passar tempo nas redes sociais ou em chamadas com amigos?

Mesmo que utilizes as redes sociais para o teu trabalho, estás a te distrair com interações pessoais?

Poderás vir a descobrir que até nem passas assim tanto tempo a trabalhar no teu negócio como pensavas.

Manter um diário é uma excelente forma de avaliar os teus níveis de concentração e verificar onde podes melhorar. Poderá te ajudar a voltares à normalidade e até melhorares a tua capacidade de gestão do tempo por forma a atingires melhores níveis de performance.

O teu dia é planeado? Ou passas a maior parte do teu dia a fazer coisas ao acaso? As pessoas que têm mais concentração tendem a planear os seus dias e a agendarem que trabalho será feito durante horas específicas do dia. Se fizeres o mesmo, existem grandes chances de que a tua concentração melhor.

Deverás também pensar nas pausas que fazes ao longo do dia. Muitas pessoas pensam que fazer pausas significa falta de concentração, mas não é bem assim. Se nunca fazes pausas poderás mesmo ficar mais distraído(a). As pessoas mais concentradas fazem pausas planeadas por forma a poderem se concentrar de novo.

Se te perguntas se estás ou não concentrado(a) no teu trabalho, existem então grandes chances de que seja algo com que lutas. As boas notícias são que, mesmo que tenhas dificuldades em te concentrares, existem várias coisas específicas que podes fazer por forma a melhorar a tua concentração e produtividade.

Exercitando o teu caminho para uma melhor concentração

Está mais do que provado que existe uma ligação entre corpo e mente. Se tens problemas de concentração existem diversos exercícios físicos que podes fazer, que te ajudarão a te concentrares mais.

Exercícios que fazem com que o teu sangue flua mais rapidamente são os melhores. Estes tipos de exercícios ajudam a melhorar e a tornar a concentração mais fácil. Exercícios como saltar à corda, correr e fazer agachamentos podem te ajudar a melhorar o teu cérebro.

E as boas notícias são que uma rotina rápida de exercício físico pode te dar até três horas de melhor concentração. Se começares o teu dia com exercício, a tua concentração aumentará logo nas primeiras horas de trabalho. Uma rápida rotina a meio do dia poderá te ajudar a combater aqueles momentos de tédio a seguir ao almoço.

Esses exercícios são importantes quando se trata de lidar com incidentes únicos quanto a dificuldades de concentração, mas também tens de pensar na efetividade a longo-prazo. Algumas pessoas têm dificuldade em se concentrarem como resultado de uma depressão.

Tu poderás até estar a experienciar uma depressão e nem saberes. Criar o hábito de fazer exercício pelo menos três vezes por semana, pode mesmo melhorar o teu humor e te ajudar a lidar com a depressão, que te impede de seres capaz de te concentrares nas tarefas que fazes.

Os melhores exercícios tendem a ser aqueles que mais gostas e com os quais te comprometes a fazer durante um longo período de tempo. Isto pode incluir fazer caminhadas, andar de bicicleta, jogar ténis ou qualquer outra atividade que te possa ajudar a melhorar o teu ritmo cardíaco algumas vezes por semana.

O exercício regular também ajuda o teu corpo a gerir os efeitos do estresse. O estresse é frequentemente associado com problemas de concentração. Ao desenvolveres uma rotina de exercícios, tu podes mesmo manter o estresse de te paralisar ou causar que percas a tua concentração quantos aos teus objetivos finais.

Poderás te perguntar como é que o exercício pode mesmo melhorar a tua concentração. Uma das formas que ajuda e muito, é o aumento das endorfinas no teu cérebro. Estes são químicos que te ajudam a te sentires bem e que melhora a capacidade do teu cérebro de funcionar.

O exercício também te ajuda a deixares de lado algumas das distrações que te previnem de te concentrares. Por fim, o exercício também te ajuda a melhorar a tua autoestima e reduz a ansiedade física. Também te ajuda a dormir melhor, Todas estas coisas somadas ajudam-te a teres uma melhor concentração por forma a dares continuidade às tuas tarefas diárias.

Se lutas para te manteres concentrado(a) ao longo do dia, experimenta então o exercício. Não precisas de passar horas a fio todos os dias para sentires os efeitos. Tenta começar com caminhadas de 30 minutos algumas vezes por semana e verá que a tua concentração melhorará.

Alguns truques simples que te ajudarão a melhorar a tua concentração

Para alguns de nós, concentrar numa tarefa simples é algo que nos atormenta todos os dias e em tudo o que fazemos. Para outros, a concentração poderá ser um problema apenas de vez em quando, nos momentos em que enfrentamos alguns desafios no trabalho ou em casa.

A maioria dos especialistas concordam que não houve tantas distrações ao longo da história como existem hoje em dia. A tecnologia torna possível que recebamos volumes de informação ao mesmo tempo. Nós poderemos estar a trabalhar nos nossos computadores, a ver televisão e a falar ao telemóvel ao mesmo tempo. É uma sobrecarga de informação.

Se sofres de um mau-hábito ou falta de concentração, poderá ser apenas preciso fazer pequenas alterações no teu estilo de vida. Por forma a ganhares a concentração de novo, tenta seguir com estas pequenas alterações que podem significar bastante para a tua capacidade de concentração:

  • Troca a cafeina por exercício – Enquanto que a cafeina pode se tornar aditiva e tu poderás precisar dela para te manteres alerta, um bom exercício cardiovascular pode te ajudar a ter energia e a te concentrares. O exercício liberta endorfinas, que são um estimulante natural que te ajudará a manter uma melhor concentração.
  • Faz listas – Se achas difícil pensar nas coisas que queres abordar numa reunião ou falar com a tua família, mantem um caderno com notas que podes depois utilizar. Poderá ser apenas com palavras-chave ou a ideia que queres abordar.
  • Priorizar – Se dás por ti a procrastinar sobre certas tarefas, começa a dar prioridade às mesmas. Agenda um certo período de tempo para completar parte ou a totalidade das tarefas e não faças pausas até as acabares.
  • Dorme bastante – Beber demasiado álcool ou fazer algo que te estresse antes de dormir, pode te levar a perder o sono e a teres uma má noite de descanso o que não ajuda para manteres a concentração no dia seguinte.
  • Bebe água – A água limpa e é estimulante. Se ficares um pouco que seja desidratado(a) podes perder a tua concentração. O cérebro pode detetar qualquer mudança que ocorra fisiologicamente e começar a operar a um nível inferior até que tu corrijas a situação.
  • Faz pausas – Quando começas a perder a concentração numa tarefa, poderá ser a altura certa para fazeres uma pausa, fazer uma caminhada ou seja o que for que te ajude a refrescar. Ficarás mais atento(a) quando voltares à tal tarefa e a acabarás mais rapidamente do que se não tivesses feito essa pausa.

Tanto as distrações internas, como sonhar acordado(a), como as distrações ou ruídos externos, podem interromper a tua concentração e fazer com que seja um constante desafio te manteres concentrado(a).

Certifica-te de que te recompensas quando consegues acabar uma tarefa que, por norma, te seria mais difícil de concentrar. Trazer felicidade para a tua vida pode ajudar-te a relaxares e a tornar possível te concentrares na próxima tarefa.

Pára de te desdobrares em tarefas e começa a te concentrar

Até poderás ter orgulho por conseguires fazer várias tarefas ao mesmo tempo, mas isso é apenas uma forma de dizeres que não consegues realmente te concentrar em apenas uma de cada vez. No teu trabalho, esta tendência pode te impedir de seres tão produtivo(a) como gostarias ou deverias ser.

Free Delivery on all Books at the Book Depository

Fazer várias tarefas ao mesmo tempo pode mesmo te causar estresse. Podes agendar tempo para verdadeiro descanso e relaxamento que melhorará a tua concentração.

Existem várias coisas que podes fazer por forma a reduzires a tua tendência de executar várias tarefas ao mesmo tempo, aumentar a tua produtividade e te sentires menos apressado(a) ou estressado(a).

Primeiro planeia o teu dia. Muitos acreditam que é melhor fazer isso no dia ou noite anterior, para que possam começar o dia com um plano em mente. O teu plano deve incluir blocos de tempo em que te manténs concentrado(a) em apenas uma tarefa.

Por exemplo, se precisas de utilizar as redes sociais para interagir com clientes, deverás então alocar um período de tempo específico, todos os dias para o fazeres, em vez de passares um dia inteiro em que só fazes isso. Podes alocar mais do que um bloco de tempo caso seja preciso, mas não deverás interromper outras tarefas por forma a estares nas redes sociais.

Responder a emails e telefonemas, é outro tipo de atividade que te pode levar o dia todo e te distrair de outras tarefas. Escolhe dois blocos de tempo por dia para esta tarefa, que pode ser um quando começas o teu dia de trabalho e outro antes de terminares.

Divide grandes projetos em tarefas mais pequenas que podes completar. Isto te ajudará a criar uma lista de “A Fazer” que é mais fácil de gerir e que te permite concentrar em cada uma das tarefas mais pequenas por forma a realizares o grande projeto. Não te sentirás tão sobrecarregado(a) se adotares este sistema. Estar sobrecarregado(a) pode, muito frequentemente, levar à perda de concentração.

Também é importante planear pausas para serem utilizadas ao longo do dia. Se souberes de antemão que terás uma pausa de 15 minutos por cada hora, será mais fácil te concentrares numa tarefa específica, em vez de te distraíres com outras coisas que preferisses fazer.

Estares consciente da tua tendência para fazer várias tarefas ao mesmo tempo é muito importante. Poderás te aperceber que existem várias alturas do dia em que perdes a concentração ou que existem certas tarefas que te levam a vaguear em outras áreas, em vez de te manteres focado(a).

Quando souberes em que alturas do dia tens mais dificuldades, poderás planear o teu dia de forma mais específica por forma a seres mais produtivo(a) nesses momentos. Estes momentos poderão ser os mais indicados para fazeres as tua pausas diárias.

Desdobrares-te em tarefas pode te tirar a concentração e te impedir de trabalhares de forma mais eficiente e efetiva. Mas quando crias um plano e tomas atenção às tuas necessidades, podes reduzir essa tua tendência e melhorar o teu sucesso.

Dicas para um ambiente de trabalho livre de distrações

Quando te sentas para fazeres o teu trabalho existem várias distrações possíveis que te podem manter afastado(a) de manteres a tua concentração.

No escritório poderás ter de lidar com telemóveis e emails a darem entrada constantemente, tal como a tentação de passar horas a fio nas redes sociais ou em sites de entretimento. Também tens os colegas que poderão ser uma fonte de distração com as suas conversas sociais. Mesmo que gostes de conversar, pode diminuir em muito a produtividade.

No escritório em casa as distrações podem também incluir as que provêm de se ter crianças, animais de estimação e a lista de a fazeres em casa que tu precisas de concluir.

Se queres tirar o maior proveito das tuas horas de trabalho, ajudará se criares um espaço de trabalho livre de distrações por forma a te concentrares e completares as tuas responsabilidades diárias. Descobrirás que quando limitas as distrações, és bem mais eficiente e até ficas com mais tempo-livre.

Aqui vão algumas dicas para te ajudar a removeres distrações por forma a teres um espaço de trabalho mais produtivo:

  • Coloca o teu telemóvel no silencio – Os telemóveis tornaram-se indispensáveis para a maioria das pessoas. Mas estar sempre em alerta para uma chamada ou mensagem pode interromper a tua produtividade. Dependendo daquilo que faças, poderás não conseguir ignorar essas chamadas ou mensagens por muito tempo. No entanto, se poderes limitar o número de vezes que verificas as mensagens, ganharás mais tempo para trabalhar nas tarefas do dia.
  • Utiliza uma aplicação para bloquear as redes sociais – As redes sociais, como o Facebook e o LinkedIn, são essenciais para muitos negócios. Mas infelizmente podes passar horas perdidas nestes websites, se não tomares atenção. Existem várias aplicações que podes utilizar, que ajudam a limitar o tempo que passas a ver emails e nas redes sociais. Tu podes decidir quanto tempo máximo te permites a passar nesse tipo de atividades.
  • Mantem listas de “A Fazer” – Se por vezes te sentes dividido(a) entre tarefas pessoais ou projetos de trabalho, será uma excelente ideia manter uma lista do que tens de fazer. Quando estás no meio de um projeto de trabalho e te aparece uma ideia de uma tarefa a nível pessoal, podes adicionar esta na tua lista e voltares ao trabalho. Isto é melhor do que parares por completo o que estás a fazer e mudares de direção. Quando terminares com as tuas tarefas de trabalho, podes então decidir quando começas com as tarefas pessoais.
  • Define limites – Uma das coisas mais difíceis de fazer é a de estabelecer limites com os colegas, família e amigos que interrompem o teu trabalho. Poderá ser preciso que tenhas uma conversa com essas pessoas em que gentilmente explicas que em certas alturas do dia estarás apenas a trabalhar, mas que mais tarde terás todo o prazer em falar com eles. Eventualmente as distrações diminuirão.

Dicas para te manteres concentrado(a) e produtivo(a)

Se tens dificuldades em te manteres concentrado(a) na tarefa que tens em mãos, é bem provável que não sejas muito produtivo(a) em qualquer área da tua vida. Por vezes até parece uma batalha difícil te manteres concentrado(a) quando, nos dias de hoje, és bombardeado(a) com todo o tipo de problemas, que podem rapidamente te fazer perder o teu ritmo e ires logo fazer algo diferente.

A falta de concentração reprime a produtividade e pode apagar a tua motivação. Esta é uma das principais razões para o estresse e a ansiedade nas nossas vidas, e pode nos deixar incapazes de funcionar. O sucesso no trabalho e a esfera pessoal frequentemente eludem a pessoa menos concentrada.

Aqui vão algumas dicas que te ajudarão a te tornares mais proficiente quanto a estares concentrado(a) e que revitalizará a tua produtividade ao máximo:

  • Elimina distrações – Normalmente é mais difícil de eliminar distrações se estiveres num ambiente de escritório onde podes ouvir os ruídos no teu cubículo ou escritório. Se estás a tentar te concentrares em casa, podes simplesmente desligar a televisão ou ir para um sítio mais sossegado. Algo que pode ajudar é usar auscultadores e ouvir uma música relaxante e que te deixa concentrar. Também poderá ajudar se desviares colegas que têm tendência para te distrair.
  • Divide as tuas tarefas – Quando te deparas com grandes tarefas, é muito mais fácil se as fizeres passo-a-passo do que se as tentares fazer de uma vez. Como tal, divide em tarefas mais pequenas e risca cada uma à medida que as vais fazendo. Assim sentirás que és mais produtivo(a) e conseguirás ver o teu progresso.
  • Quando estás no computador, concentra-te em uma tarefa de cada vez – Se estás sempre a verificar os teus emails ou a olhar para o Facebook ou Pinterest, terás mais dificuldades em completar uma tarefa no computador. A maneira mais fácil de contornar esta situação é a de abrires apenas os separadores/programas que precisas para terminar a tarefa em mão, antes de abrir qualquer outro. Se a tarefa é árdua e demorada, talvez seja boa ideia definir quanto tempo vais utilizar. Quando atinges o tempo definido, tira alguns minutos para recarregar as baterias antes de te concentrares de novo.
  • Estabelece uma rotina – És uma pessoa mais produtiva durante a manhã ou o fim da tarde? É melhor completar as tarefas mais difíceis nas alturas em que te sentes mais energético(a) e com maior concentração, deixando as tarefas menos importantes para os momentos de menos energia ou concentração.

Ultrapassar a falta de concentração por forma a atingires os teus objetivos, pode se tornar num catalisador para aumentares a tua autoestima e te manteres no caminho certo.

Compreender a ciência por detrás da concentração

Não é verdade que a falta de concentração é inevitável e que nos pode manter afastados de conseguir tudo o que podemos na vida. Só porque, por vezes, nos sentimos sobrecarregados pelas distrações e volumes de material que chegam até nós através da televisão, computadores e outros dispositivos, não quer dizer que não nos podemos concentrar nos nossos objetivos.

Alguns anos atrás, poderia ser mais fácil se concentrar, porque existia menos e mais limitada informação à qual poderíamos aceder. As notícias de outras partes do mundo teriam de esperar até que alguém chegasse a cavalo ou de barco para contar as novidades.

Hoje em dia, nós temos acesso imediato a detalhes que nos bombardam a toda a hora, todos os dias, a não ser que nos mantenhamos isolados. A Google e a Amazon, por exemplo, trazem o mundo às nossas portas e os nossos telemóveis são bibliotecas cheias de informação valiosa.

O mudo de hoje em dia, oferece-nos diversas distrações e, a não ser que compreendamos a ciência da concentração, é difícil nos concentrarmos em tarefas que podem melhorar a nossa qualidade de vida e nos levar ao derradeiro sucesso.

Hoje em dia, a ciência por detrás da concentração requer que se desenvolva uma capacidade cognitiva que nos ajudará a controlar os nosso pensamentos e impulsividades. É provável que já tenhas utilizado esta capacidade quando rejeitaste a um bolo que iria arruinar a tua dieta ou quando te manténs a estudar mesmo que preferisses ir ver televisão.

Estes talentos mentais são resultado da prática e, por vezes, podem levar anos a serem desenvolvidos. Já se concluiu em certos estudos que quando as crianças são ensinadas a controlarem os seus impulsos e intervalos de concentração, elas estão mais bem preparadas para lidarem com a vida e têm mais chances de se tornarem bem-sucedidas.

Em várias circunstâncias, aqueles que desenvolvem as capacidades para se concentrarem, tornam-se mais bem-sucedidos do que aqueles com coeficientes de inteligência superiores ou do que aqueles com mais vantagens socioeconómicas.

Quando as crianças são ensinadas em tenra idade a controlarem e desenvolverem as suas capacidades de concentração, tal pode aumentar consideravelmente as suas capacidades mentais.

Existem atividades e práticas que podemos adotar por forma a ajudar-nos com os nossos poderes de concentração. Desenvolver conhecimentos de informática, habilidades de memória a curto prazo e ioga podem melhorar significativamente as nossas capacidades mentais básicas.

Com o ataque de informação e distrações que experienciamos hoje em dia, as nossas mentes não se podem manter concentradas como antigamente. Deveremos aprender e desenvolver habilidades e atividades que nos ajudarão a aumentar e dar mais força para que nos concentremos.

Compreender e desenvolver capacidades de concentração, pode requerer um grande nível de energia em tudo o que fazemos.

Porque é que a concentração é tão importante para o teu sucesso

Hubstaff

Sem concentração, podes ficar impaciente contigo mesmo(a), ansioso(a) sobre algo que não está a ser feito e incapaz de completar tarefas que te podem levar ao próximo nível do sucesso.

Normalmente, a falta de concentração reflete-se em todas as áreas das nossas vidas. Se não consegues te concentrar no trabalho, é bem provável que estejas mais irritado(a) e ansioso(a) em casa. Se não te concentras nos teus relacionamentos como deverias, poderá influenciar o teu trabalho. É um círculo vicioso que deverá ser quebrado antes de poderes atingir o sucesso de que és capaz.

Concentrar implica dar prioridade ao que realmente importa na tua vida. Se tens dificuldades numa dada área da tua vida, poderá ser necessário afastares o teu foco do problema por um tempo. Por exemplo, se tens problemas com uma criança, o trabalho poderá ter de esperar por forma a te poderes concentrar em ajudar a criança.

O sucesso no trabalho e nos relacionamentos depende em como priorizas a tua concentração. A concentração ajuda-nos a tentar finalizar muita coisa no momento e pode significar que fazemos melhor um trabalho só porque damos toda a nossa atenção.

Alguns de nós começam um trabalho ou tarefa com toda a nossa atenção e depois acabamos por ficar aborrecidos. Por exemplo, muitas pessoas são apaixonadas por um negócio que começam e finalizam as tarefas com entusiasmo e energia. São feitos sacrifícios para que o negócio se torne num sucesso, várias horas dedicadas e até se desleixa um pouco nas nossas vidas pessoais.

Após o negócio ter começado e estar a andar para a frente, nós podemos nos tornar indiferentes porque agora os desafios não parecem ser tão divertidos. Estamos cansados porque perdemos o sono e não cuidámos de nós mesmos com exercício e uma alimentação saudável.

A perda de interesse e a falta de concentração são as razões predominantes pelas quais muitos negócios falham num curto período de tempo. Nós perdemos a concentração nos objetivos que queríamos alcançar em primeiro lugar.

Manter a concentração nos nossos objetivos de negócio, podem fazer a diferença entre sucesso e falhanço. O mesmo se aplica às nossas vidas pessoais. Se perdemos a concentração num relacionamento é mais fácil que surjam problemas e que acabem por danificar o relacionamento.

Quando a concentração se torna desequilibrada, os problemas começam. Uma verdadeira pessoa de sucesso equilibra a sua concentração entre carreira e vida profissional, por forma a que nenhuma sofra de falta de atenção.

  • 5
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.